jump to navigation

OS MITOS OLÍMPICOS dezembro 31, 2009

Posted by lilaliss in curiosidade.
trackback

Lo mejorcito de la publicidad del 2007 (41 fotos) 40Assim como os Jogos Olímpicos da antigüidade tiveram seus mitos como Hércules, os Jogos dos tempos modernos também os têm. Com menos mitologia e muito mais realidade e treinamento, nossos mitos atuais acabaram por se tornar mais conhecidos que os antigos. São eles:

Boris Shakalin – soviético. Destacou-se na ginástica artística conquistando 4 medalhas de ouro nos Jogos Olímpicos de Roma (1960).

Abebe Bikila – etíope. Esse fundista correu as maratonas de Roma e Tóquio (1964), ganhando medalha de ouro nas duas ocasiões e ainda bateu os recordes olímpico e mundial. Vale lembrar que, em Roma, Abebe Bikila correu descalço.

Joe Frazier – americano. Ganhou medalha de ouro no boxe na categoria pesado em 1964. Mais tarde ele viria a ser o grande campeão peso-pesado profissional.

Nadia Comaneci – romena. Foi a rainha dos Jogos Olímpicos de Montreal (1976). Com apenas 14 anos ela obteve uma sucessão de notas 10 em exercícios de trave, paralelas assimétricas e solo, consagrando-se como uma das melhores ginastas de todos os tempos.

Kornelia Ender – alemã oriental. Essa nadadora ganhou, nos Jogos de Montreal, 4 medalhas de ouro, sendo uma das melhores atletas olímpicas de todos os tempos.

Jesse Owens – americano. Venceu nos jogos de Berlim (1936) as provas de 100 e 200 metros rasos, revezamento 4×100 e salto em distância. Seu recorde no salto em distância demorou 24 anos para ser batido.

Al Oerter – americano. Conquistou uma das maiores proezas dos jogos: durante 4 Olimpíadas consecutivas, de 1956 a 1968, ele ganhou medalha de ouro no arremesso de disco.

Alexander Dityatin – soviético. Grande revelação na ginástica masculina nos Jogos de Moscou (1980), onde conquistou 3 medalhas de ouro, 4 de prata e 1 de bronze.

Emil Zatopek – tcheco. Foi a grande atração dos Jogos Olímpicos de Helsinque (1952) vencendo as provas dos 5.000m, 10.000m e a maratona, tornando-se o grande símbolo das corridas de fundo de todos os tempos. Curiosamente sua esposa Dana ganhou medalha de ouro no lançamento de dardo, enquanto ele corria a maratona.

Teófilo Stevenson – cubano. Foi campeão por três Olimpíadas consecutivas, em 1972, 1976 e 1980 na categoria peso-pesado de boxe.

Mark Spitz – americano. É um dos maiores ganhadores individuais de medalhas de ouro. Conquistou 7 medalhas de ouro em provas de natação nos Jogos de Munique (1972) e 2 no México (1968).

Carl Lewis – americano. Nos Jogos de Los Angeles (1984) ganhou 4 medalhas de ouro nas seguintes modalidades: 100m rasos, 200m rasos, revezamento 4×100 e salto em distância, repetindo o feito de seu compatriota Jesse Owens em 1936.

Jim Thorpe – americano, de origem indígena. Herói dos Jogos Olímpicos de Estocolmo em 1912, foi escolhido por jornalistas de todo o mundo como o maior atleta do globo em meio século de competições. Seu recorde no decatlo moderno demorou 20 anos para ser superado.

Ademar Ferreira da Silva – foi a grande estrela do salto triplo, conquistando medalhas de ouro nos Jogos de Helsinque (1952) e Melbourne (1956). Foi o primeiro e, até 2004, o único brasileiro bicampeão olímpico.

OS MITOS OLÍMPICOS » nababu.org

Comentários»

No comments yet — be the first.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: